Arquivo

Posts Tagged ‘ESXi’

Como atualizar o VMWare ESXi 5.0 para 5.1 update 1 sem o vCenter

11 de setembro de 2013 19 comentários

Esse método não é oficial, a forma correta de se atualizar o ESXi 5 é pelo vCenter.

Mas como muitos utilizam a versão gratuita (free) e não tem o vCenter instalado esse tutorial irá ajudar a fazer a atualização.

Recomendo esse tipo de atualização para servidores de laboratório ou de testes evitem utilizar em um servidor de produção.

Mas caso seja necessário recomendo que se faça um backup das VMs e das configurações.

Antes de qualquer coisa desligue todas as suas VMs pois o servidor será reiniciado, como teste eu deixei uma VM salva ou seja Pausada e quando servidor voltou ele estava lá da mesma forma.

 

1 – Baixe o Offline Bundle do ESXI 5.1 Update 1 no site da VMWare, o arquivo se chama update-from-esxi5.1-5.1_update01

2 – Faça o upload do arquivo bundle para um datastore do seu servidor ESXi 5

3 – Agora você precisa ativar o serviço SSH para isso vá em Configuration => Security Profile => Properties (se não souber como fazer veja esse post)

4 – Conecte no servidor utilizando o Putty

5 – Após logar no servidor execute o comando esxcli software vib install -d /vmfs/volumes/[DATASTORE]/[PASTA]/[NOME_DO_ARQUIVO].zip

Se você tiver um único datastore e jogar o arquivo diretamente na raíz o comando ficará assim:
esxcli software vib install -d /vmfs/volumes/datastore1/update-from-esxi5.1-5.1_update01.zip

6 – Irá demorar um pouco para fazer a instalação, depois disso você pode ver que o servidor foi atualizado e agora é preciso reiniciar.

up_1

Depois de reiniciar você pode se logar pelo client e ver que o servidor foi atualizado.

up_2

 

up_3

Se você quiser voltar para a versão antiga basta pressionar Shift + R na inicialização.

 

Esse post foi útil? Deixe um comentário.

Post baseado na publicação: http://www.vladan.fr/esxi-free-how-to-upgrade-to-esxi-5-1/

Anúncios

Como converter um disco Thin para Thick no VMware ESXi 5 pelo vSpere 5

3 de julho de 2012 13 comentários

 

Hoje vou demostrar como é fácil converter um disco que foi provisionado como Thin para Thick no VMWare ESXi 5 pelo vSphere 5. (Thin to Thick)

Se quiser entender melhor sobre os tipos de discos veja esse post.

1 – Acesse o servidor e abra a aba Summary, escolha o Datastore onde o disco esta salvo, clique com o botão direito no Datastore e selecione Browse Datastore;

 

2 – Encontre o arquivo vmdk do HD que você quer converter e clique com o botão direito e então escolha inflate.

3 – Aguarde o termnino da conversão que pode demorar dependendo do tamanho do seu disco.

Pronto agora seu disco Thin passou a ser Thick, mas lembre-se que você precisa ter o espaço total do disco no seu Datastore.

 

Esse post foi útil? Deixe um comentário.

 

 

Como montar um servidor VMWare ESX ou ESXi (Whitebox)

19 de junho de 2012 8 comentários

 

Muita gente me pergunta como montar uma máquina para instalar o VMware ESXi ou mesmo como instalar em um desktop para ser usado como servidor.

Bom primeiramente devemos saber é que um servidor montado é só para testes, para ser utilizado como laboratório, para um servidor de produçao a VMware tem uma HCL com os equipamentos homologados que você pode ver aqui.

Para instalar o VMWare ESXi em uma máquina montada temos que nos preocupar pricipalmente com 3 itens:

  • Placa mãe;
  • Placa de rede;
  • Processador;

Uma forma de saber se a sua placa mãe é compatível verifique os sites VM-Help  e UltimateWhitebox, eles são sites não oficiais da VMWare que há uma lista com computadores, placas mãe e outros equipamentos que funcionam com o VMWare, a lista é alimentada basicamente de testes feitos por usuários que postam suas experiências. Outra coisa muito importante  que a placa mãe precisa ter é uma boa capacidade para colocar Memória RAM pois normalmente é ela que acaba decidindo quantas VMs voce pode ter ativa ao mesmo tempo.

Portanto antes de comprar alguma placa mãe para montar um servidor verifique se ela esta nessa lista ou se pelo menos há alguma placa com o mesmo chipset e quanto de RAM ela suporta, hoje em dia temos placas com capacidade para 16GB ou 32GB a preços módicos.

A placa de rede também costuma da muito problema pois se ela não é reconhecida o hypervisor não instala. Mesmo que o chipset da sua placa mãe é compatível a placa de rede pode não ser por isso recomendo a placa de rede da Intel Pro/1000, no site VM-Help você irá ver muita gente utilizando essa placa de rede. Lembrando que muitos dos testes feitos são em cima do VMWare ESX 4 por isso pode ocorrer de na versão 4 a placa não ser reconhecida e agora na 5 ele já ser compatível.

O processador também precisa ter a instrução de virtualização:

  •  Intel VT-x, você pode ver os processadores compatíveis nessa lista, verifique a coluna “intel VT-x” se estiver com YES ele pode ser utilizado com o VMware;
  • AMD amd-v, pode ser verificado nessa lista procure pelo seu processador em Detail veja se o “AMD Virtualization Technology” esta com YES.

Há pessoas também que me perguntam se podemos instalar o o VMWare com HD SATA, na verdade não faz diferença, o que vai decidir isso é se a controladora do HD é reconhecida pelo VMWare.

Tendo tomado cuidado com a escolha das peças corretas a instalação é muito simples basta seguir esse tutorial.

Recentemente montei um servidor em casa com algumas peças que eu tinha “sobrando” e comprei outras com a seguinte configuração:

  • Placa Mãe – Gigabyte GA-EP35-DS4
  • Processador – Intel Core 2 Duo E6550
  • HD – 500 GB Seagete Sata II
  • RAM – 2x 2GB Kingston + 1x 1GB Kingston

Eu não deveria colocar esse pente de 1Gb adicional porque perderia a funcionalidade de Dual Channel da Placa mãe mas como eu tenho pouca RAM esse 1GB a mais faz diferença para eu montar as VMs então decidi deixar pois como o servidor é para testes isso não vai interferir muito.

Com essa Placa Mãe eu não tive problema nenhum, inclusive a placa de rede foi reconhecida e não precisei colocar uma adicional.

Outra coisa que devemos lembrar é que na Bios você precisa habilitar a instrução de virtualização (VT-X ou AMD-V), feito isso é só instalar o VMware.

Caso você queira pesquisar mais sobre esse assunto procure por “VMWare whitebox” na internet.

 

Esse post foi útil? Deixe um comentário.

 

Como fazer o backup das configurações de host do VMWare ESXi 5

5 de junho de 2012 12 comentários

 

Quando falamos em proteger um ambiente virtual temos muitas coisas a considerar. Além de backups de suas máquinas virtuais você precisa fazer o backup das configurações de seus hosts.

O Backup das configurações é muito importante tanto para um Disaster Recovery ou mesmo quando vamos atualizar a versão do Hypervisor.

Para fazer o backup do host do ESXi você precisa do vCLI instalado em um servidor e você também pode usar o vMA.

 

Para fazer o backup basta segui os passos:

1 – Instale o vCLI; (faça instalação padrão “NNF” (Next Next Finish)) (Download)

2 – Crie uma pasta onde será gravado o backup;

3 – Abra o prompt de comando;

4 – Vá até a pasta de instalação do vSphere CLI que por padrão esta em C:\Arquivos de Programas\VMware\VMware vSphere CLI\bin

5 – Execute o comando: (As informações em vermelho devem ser alteradas para as de seu sevidor)

vicfg-cfgbackup.pl -server ip_do_host_ESXi -username nome_do_usuario -password senha -s caminho_e_nome_do_arquivo_de_backup.txt

No exemplo eu criei uma pasta backup dentro da raiz C:\ então o comando ficou:
vicfg-cfgbackup.pl -server 192.168.0.100 -username root -password ***** -s c:\backup\backup.txt

Dependendo de onde você for salvar o arquivo pode ocorrer uma falha na gravação do backup por “access denied” você precisa executar o prompt em modo elevado (Executar como administrador)

Agora para restaurar o backup das configurações é muito mais simples, basta executar o comando:

vicfg-cfgbackup.pl -server ip_do_host_ESXi -username nome_do_usuario -password senha -l caminho_e_nome_do_arquivo_de_backup.txt

 

Pronto agora você já pode fazer o backup das suas maquinas host que são tão importantes quanto as máquinas virtuais.

 

Esse post foi útil? Deixe um comentário.

Como instalar uma máquina virtual no VMWare ESXi pelo client vSphere 5

30 de abril de 2012 15 comentários

 

Demorou um pouco mas finalmente saiu o post de como instalar uma máquina virtual no novo ESXi 5 pelo client vSphere 5.

A instalação é bem simples e seguindo o passo a passo não tem erro.

 

1 – Acesse o servidor pelo vShere 5 e clique em Create a a new virtual Machine; (Depois você pode fechar essa aba para não aparecer mais)

 

2 – Escolha Typical para uma instalação simples;

 

3 – Agora coloque o nome da máquina;

 

4 – Escolha o local onde ele será gravado; (No meu caso só tenho um datastore mas você pode ter mários)

 

5 – Escolha entre Windows, Linux ou Other, e na lista qual o Sistema Operacional que você irá utilizar, se não tiver escolha Other.

 

6 – Agora coloque a placa de rede e marque a opção Connect at power on;

 

7 – Na hora de escolher o disco há 3 opções, eu normalmente escolho a Thick Provision Eager Zeroed, você pode entender melhor sobre eles nesse post;

 

8 – Confira se as opções que você escolheu estão corretas e marque a opção Edit the virtual machine settings before completion;

 

9 – Nessa tela você pode alterar a quantidade de memória, número de processadores, adicionar mais HDs, etc;

 

10 -Se você for instalar sua máquina virtual por CD/DVD, coloque o CD no servidor escolha em Host Device o caminho do drive e marque a opção Connect at power on; (há como fazer a instalação por meio de ISO gravado dentro do datastore ou até mesmo utilizando o drive de CD do computador que você esta utilizando como client)

 

11 – Agora a configuração do seu “hardware” esta pronta como você pode ver no painel esquerdo e no log;

 

12 – Clique na sua nova máquina e para acessar você tem duas formas, indo na aba console mas assim a tela irá ficar dentro do painel do vSphere ou clicando no botão Virtual Machine Console na barra acima;

 

13 – Abrindo a console pelo botão irá se abrir uma nova janela com a sua maquina, clique no play (botão verde) para ligar;

 

14 – Pronto agora sua máquina irá iniciar como um computador qualquer.

 

Para interagir na tela do console você precisa primeiro clicar com o mouse dentro da tela e para sair pressione Ctrl + Alt ao mesmo tempo, assim o seta do mouse não ficará mais presa dentro da console.

 

Esse post foi útil? Deixe um comentário.

Como habilitar acesso SSH no VMWare ESXi 5 via vSphere Client (acesso a console)

19 de abril de 2012 7 comentários

No ESXi 5 o acesso SSH vem desabilitado por padrão, mas nós podemos habilitar o acesso com alguns passos bem simples.

No cliente siga os seguintes passos:
1 – Vá para a aba Configuration depois em Security Profile e clique em Properties;

2 – Marque a opção SSH Server e clique em Options;

3 – Em Service Commands clique em Start para iniciar o serviço, depois marque a opção desejada e clique em ok. (se quiser o serviço sempre ativo marque a segunda opção Start and stop with host);

4 – Será apresentada uma tela de alerta do firewall informando que ele foi modificado, clique em Yes;

5 – Ele voltará para a tela anterior e você pode ver na coluna Deamon que o serviço esta rodando, clique em Ok;

6 – Agora você pode ver na figura em Firewall, Incoming Connections que o SSH Server esta na lista.

Pronto seu servidor já esta pronto para ser acessado via SSH.

Esse post foi útil? Deixe um comentário.

Qual tipo de disco escolher para criar uma máquina virtual no VMware VSphere 5 (Thin Provision ou Thick Provision Lazy Zeroed, Thick Provision Eager Zeroed)

15 de fevereiro de 2012 19 comentários

Quando criamos uma nova maquina virtual ou apenas adicionamos um novo HD virtual a uma máquina na hora da criação temos 3 opções de disco:

Thick Provision Lazy Zeroed;
Thick Provision Eager Zeroed;
Thin Provision.

Primeiro vamos entender o “Zeroed”.

Zeroing – Esse processo sobrescreve todos os dados do disco criado com zeros dessa forma garante que não haja dados escritos no disco e ele pode ocorrer em dois momentos, na criação do disco ou no momento da primeiro escrita no espaçõ não alocado.

Inicialmente vamos dividir os tipos em dois, o Thick e o Thin, essa escolha interfere na economia de disco e também no desempenho.

O Thin – Cria o disco apenas com o espaço utilizado ou seja se você criar um disco de 100 GB e utilizar apenas 10 GB o disco ocupará 10 GB no seu storage e o zeroing ocorre no momento da gravação.
O Thick – Ocupa o espaço total determinado na criação do disco no database e temos dois tipos:
Thick Lazy Zeroed – É o padrão quando criamos um novo disco, ele ocupa o espaço do disco mas o zeroing ocorre apenas na hora da escrita.
Thick Eager Zeroed – Esse tipo faz o zeroing na criação do disco, ela é a mais demorada mas é a mais recomendada para discos que terão muito I/O.

Notas

1 – O Thick Provision Eager Zeroed é o disco mais rápido utilizado principalmente para banco de dados;
2- O Thick Provision Lazy Zeroed e o Thin Provision são mais lentos pois o zeroing ocorre no momento da gravação mas depois que o disco esta totalmente preenchido o zeroing não mais afetará o desempenho e os discos terão praticamente a mesma performance.

Esse post foi útil? Deixe um comentário.

%d blogueiros gostam disto: