Início > backup, Cloud, nuvem, Segurança, Windows 10, Windows 2012, Windows 7, Windows 8, Windows 8.1, Windows Server > O plano perfeito para backup, e como planejar o seu backup.

O plano perfeito para backup, e como planejar o seu backup.

 

A realidade é que não existe um plano perfeito para backup e sim aquele que se adequa às suas necessidades e ao seu bolso.

Existem inúmeros tipos de backup e para isso outra infinidade de softwares tanto para ambientes corporativos quanto para o uso pessoal.

backup

Imagine você perder aquelas fotos de família, da sua viajem inesquecível ou mesmo suas planilhas de gastos por ter deletado acidentalmente ou então o HD parar de funcionar.

Não é nada agradável certo? E o que você faz?

Chama aquele seu sobrinho que fica o dia todo jogando no computador e pede para ele recuperar suas fotos?

E então ele diz que vai ver, as vezes até consegue recuperar algumas coisas, mas poucas e você diz que tudo bem e fica só com as memórias.

Ou então leva o computador em uma empresa especializada em recuperar dados e gasta uma pequena fortuna? (Mesmo assim a recuperação não é garantida)

Só depois disso você pensa em fazer backup, aí você volta a falar com o seu sobrinho ele pesquisa alguma ferramenta de backup gratuita te explica mais ou menos como usar e você fica satisfeito, até perder tudo novamente e descobrir que o backup não estava funcionando ou porque estava configurado errado, ou então porque estava apresentando um erro e você nem ligou ou mesmo porque você deveria fazer o backup manualmente e esqueceu de fazer, são inúmeras possibilidades.

 

Agora imagine isso em sua empresa com aquela diversidade de documentos que você deve guardar, as informações de seus clientes, o Banco de Dados do seu ERP.

Isso tudo não pode ser perdido e ficar apenas nas lembranças, elas valem dinheiro e muitas vezes é tudo que é da sua empresa está nos computadores, no servidor.

E se você perder tudo isso? O que vai fazer?

Tentar lembrar o nome e telefone de todos seus clientes para voltar a contatá-los?

Mandar todos os funcionários procurar tudo que está impresso para tentar recuperar alguma coisa?

Demitir todos os funcionários e fechar a empresa?

 

Saiba que tudo isso não é necessário se você tiver um backup.

Para que possamos ter um plano de backup efetivos devemos seguir algumas regras:

 

1 – Saber o que é necessário incluir no backup

Primeiramente precisamos saber o que é preciso ir para o backup, como documentos, banco de dados ou até mesmo servidores com aplicações antigas que não tem como mais serem instaladas entre outros.

 

2 – Como fazer o backup

Para cada tipo de backup precisamos saber como ele deve ser feito, e para isso utilizamos softwares de backup como por exemplo o WanCloud que pode fazer o backup de arquivos, Banco de Dados, máquinas virtuais e até uma máquina física completa.

 

3 – Fazer o backup em uma mídia local

O ideal é sempre fazer o backup em uma mídia local como um Storage ou um HD externo por exemplo, assim o backup e a restauração são muito mais rápidos.

 

4 – Fazer um backup em um local externo

Além da mídia local é preciso ter o backup em um local externo, e o melhor local é a Nuvem, pois usando ela o trabalho passa a ser automático tirando a necessidade de alguém ter que levar para casa a fita de backup ou um HD externo correndo o risco de ser danificado ou roubado e assim perdendo as informações da empresa.

Esse backup externo é muito importante pois uma simples queda de energia pode causar a queima do equipamento e com ele o HD de backup, outras causas como a empresa pegar fogo ou mesmo alguém roubar os computadores da empresa são mais remotas, mas não impossíveis.

 

5 – Agendar os backups para serem automáticos

Com a automação do backup eliminamos uma possível falha humana, alguém que pode esquecer de fazer o backup ou ficar doente e não vir por uma semana e ainda não avisar ninguém que é preciso fazer o backup, a falha humana é o tipo de falha é o mais comum em um backup.

 

6 – Acompanhar periodicamente se o backup está sendo realizado

Verificar se o backup está sendo feito é tão importante quanto fazer e da mesma forma como no item anterior aqui entra a falha humana, pois no caso de uma falha no backup somente uma pessoa poderá arrumar.

E se a pessoa responsável em verificar o backup entrar de férias e ninguém mais ficar responsável em verificar o backup, e então ocorrer uma falha no servidor e quando você vai ver o último backup realizado foi de 3 semanas atrás, ou seja, você perdeu tudo que foi produzido nas últimas 3 semanas.

 

7 – Fazer testes de restauração de backup

Não adianta nada ter um backup que não pode ser restaurado, ou que seja muito difícil restaurar e assim demorar muito para voltar os dados.

 

E para criar essa rotina precisamos chegar em um consenso entre quanto tempo posso ficar sem meus dados e quanto posso pagar por isso.

Essa equação é inversamente proporcional, ou seja, quanto menos tempo você pode ficar parado mais terá que gastar.

 

Por isso é muito importante utilizar softwares que facilitem esse processo e que possa atender a todas as necessidades descritas acima, uma excelente ferramenta para isso com um ótimo custo benefício é o WanCloud e você ainda pode fazer um teste gratuito clicando aqui.

 

Espero que com essas dicas vocês possam ter um backup mais efetivo e nunca mais perder seus dados.

 

Esse post foi útil? Deixe um comentário.

 

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: