Início > Dicas, VMWare > Como converter uma maquina fisica ou virtual para virtual da VMWare (p2v ou v2v)

Como converter uma maquina fisica ou virtual para virtual da VMWare (p2v ou v2v)

Com a instalação da ESXi 5 tive a necessidade de passar minhas máquinas virtuais que hoje estão rodando em Hyper-V para VMWare.

Para essa tarefa utilizei o VMWare vCenter Converter Standalone 5.0, é uma ferramenta gratuita da VMWare que pode ser baixada aqui, com ela você pode transformar uma maquina física ou mesmo virtual de outra plataforma para uma virtual compatível com VMWare, essa conversão é chamada de p2v (physical to virtual) e v2v (virtual to virtual) por exemplo passar de vhd (Hyper-V da Microsoft) para vmdk (VMWare).

Com o VMWare vCenter Converter Standalone podemos criar uma maquina virtual do tipo mvdk criando um arquivo de configuração e um HD virtual que pode ser aberto com o outros produtos da VMWare como o Server, Workstantion e Player por exemplo, se você tiver um servidor com ESX instalado é possível transferir diretamente para o servidor.

A instalação é simples e a conversão também é muito fácil de se fazer.

Irei demonstrar passo a passo a instalação e a conversão de uma maquina para um arquivo mvdk que será salva em um local da rede, a instalação será local ou seja o software será instalado na própria máquina que será convertida.

Apesar da VMWare informar que você pode utilizar a máquina durante a conversão prefira deixar ela parada sem uso para que a conversão seja mais rápida e que você corra menos risco de haver algum problema.

1 -Iniciando a instalação clique em Next para continuar;

2 – Acordo de patente, clique em Next para continuar;

3 – Licença de Acordo de usuário final, marque “I agree to …” e clique em Next para continuar;

4 – Escolha o local de instalação e clique em Next para continuar;

5 – Como a instalação é na própria máquina vamos deixar a opção “Local installation” marcada e clique em Next para continuar;

6 – Clique em Install para iniciar a instalação;

7 – Aguarde a instalação;

8 – Deixe a opção “Run Client now” marcada e clique em Finish;

9 – A tela inicial será aberta, clique em Convert machine para iniciar a configuração;

10 -Escolha a opção “Powered-on machine” e “this local machine”, clique em “view source details” para ver informações de configuração, quantidade de memória, tamanho de disco, sistema operacional e mais;

11 – Tela apresentando os detalhes da máquina, clique em Close, depois clique em Next para continuar;

12 – Nessa tela você escolhe o destino, ela pode ser um local da rede, a própria máquina ou mesmo sua infraestrutura de VMWare mandando diretamente para um servidor ESXi por exemplo.

Escolha a opção “VMWare Workstation or other VMWare virtual machine” que a tela irá se alterar;

Caso o destino seja um servidor com ESX escolha a opção “VMWare Infrastructure virtual machine” coloque o IP ou nome do servidor, o usuário e a senha de administradores, o mesmo que você utiliza para acessar a console e fazer alterações e clique em Next e pule para o passo 16;

13 – Escolha o produto VMWare que você irá utilizar para executar a máquina virtual, nesse caso escolhi a “VMWare Player 4.0.x”, Coloque um nome para a máquina e clique em Browse para escolher o local; (não é possível escolher uma mapeamento da máquina e nem escrever diretamente no campo,, é preciso clicar no botão)

14 – Escolha a pasta de destino onde será gravada a máquina virtual e clique em OK;

15 – Nessa tela você pode editar algumas configurações como tamanho de disco que pode ser aumentado ou diminuído, quantidade de memória e até mesmo a quantidade de processadores que a máquina irá ter depois da conversão além de serviços que podem ser desabilitados e a placa de rede que será utilizada, clique em Next para continuar;

16 – Tela de sumário, confirme se as opções escolhidas estão corretas e clique em Finish para iniciar a conversão.

Depois de terminar será criada uma pasta com o nome da máquina que você especificou e dentro terá dois arquivos, um arquivo nome_da_maquina.vmdk (Virtual Machine Disk) e outro nome_da_maquina.vmx (Virtual Machine configuration file).

Com esses arquivos você pode abrir a máquina virtual com o VMWare Player, Server ou mesmo Workstation.

Quando você abrir a máquina virtual em outro computador é possível que seja solicitada a ativação do windows devido a alteração do Hardware, faça a ativação e sua máquina virtual estará pronta para o uso.

Esse Post foi útil? Deixe um comentário.

Anúncios
  1. Fabiano Santos
    11 de julho de 2013 às 10:00

    Legal o conteúdo, porém quando fazemos conversão de uma máquina remota é solicitado direto o servidor de ESX “VMWare Infrastructure virtual machine”. Nesse caso não é possível salvar em um local de rede. Obs: Como faço para começar a utilizar essa máquina física que foi transformada em uma VM utilizando o ESX VMWare Infrastructure virtual machine”?

    Abraços e parabéns pelo conteúdo.

    • 2 de agosto de 2013 às 10:07

      Olá Fabiano,

      Não entendi o que você quis dizer em como utilizar a máquina física.
      Você tem um servidor ESXI 5?

  2. Fabiano Santos
    6 de agosto de 2013 às 09:38

    Olá, Igor,

    Sim tenho um Servidor ESXI 5. O que quero que entenda é assim:
    Eu tenho duas máquinas físicas em Linux CentOS 6.2 de 64Bits e outra com o Kernel 5.2 32Bits. O equipameto com o Kernel 5.2 eu consegui virtualiza-la utilizando o servidor ESXI 5, porém eu não consigo subir essa máquina virtualizada. Tentei acessar via Browser meu servidor ESXI 5 e tentei baixar algum plugin que me faça subir essa máquina que eu virtualizei. A outra máquina com Kernel 6.2, eu nem ao menos consegui virtualiza-la, acredito que seja pelo Kernel de 64Bits.

    Eu fiz um teste com um Servidor Windows Server 2003 e percebi que o software VMWare pede a instalação de um client remoto, o que eu tentei fazer com as máquinas em Linux, mas não me dava essa opção.

    Acho que ficou um pouco mais claro agora. . . rsrs

    Fabiano Santos

    • 12 de agosto de 2013 às 08:54

      Olá Fabiano,

      Como você conseguiu virtualizar a máquina, de que forma você fez?
      E que tipo de erro ocorre para subir a máquina que foi virtualizada?
      Quanto ao 6.2 tente fazer uma instalação do zero diretamente no vSphere para ver se funciona nele corretamente.

      Com linux eu não tentei fazer a virtualização por uma máquina física, os que eu utilizei já tinha uma máquina pronta para ser utilizado no VMWare, sem a necessidade de fazer a instalação, apenas copiando o arquivo do HD e fazendo as configurações para adicionar a máquina.

  3. 25 de agosto de 2013 às 04:46

    Olá, Igor. Primeiramente, gostaria de agradecer os posts sobre a vmware e seus produtos pois me ajudaram muito mesmo – principalmente que sou novo no mundo da virtualização. Me tira uma dúvida:

    Preciso fazer o baclup de um servidor dell R420 com dois hds SAS de 73 GB cada, para formatar o servidor com o ESXI 5.1 U2, e depois subir esta maquina para poder restaurar o windows com o banco de dados / software de vendas da empresa. Estava pensando em como fazer o backup, no caso:

    Primeiro – Verificar espaço em disco e salvar o backup da vm em um hd externo
    Segundo – Antes de fazer o backup configurar as opções de memoria da maquina virtual, rede e processamento

    A minha dúvida é se ao fazer o backup selecionando VMware Workstation 9.0.x como eu faço para importar corretamente esta vm, visto que não podem acontecer erros de forma alguma já que tem o banco de dados de todas as vendas no servidor atual. Porque se eu fizer a importação direta acho que vai dar algum erro devido a versão ser workstation, talvez a alternativa seria criar uma maquina virtual e depois na hora de escolher o hd no wizard marcar como não criar, e depois ir nas opções da vm e selecionar o vmdk que eu fiz o backup – anteriormente enviado para o datastore1, e salvar as alterações…

    O que acha igor? Nunca fiz este tipo de migração, pois o mesmo servidor que eu vou fazer o backup será o destino da vm, sem contar que como fica a questão da controladora ? Já que estou fazendo o backup de um windows com a controladora instalada quando eu subir ele na vm irá acontecer alguma incompatibilidade ou algo do tipo? Desde já agradeço e desculpe o incomodo.

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: